Waldecy Gonçalves

De wikITA

  • Nasceu em Santos, SP, prestou vestibular no Rio de Janeiro - reside na Cidade Maravilhosa.

Novo Mundo-MT, dezembro de 2007

Entrei na IBM em parte por obra do professor Fadigas e, mais decisivamente, através do professor Wallauscheck! Isso porque no último ano do curso de (Aerovias-Produção) fiquei muito interessado pela chamada Pesquisa Operacional a ponto de meu trabalho de graduação (TI - como era chamado na época...) ter sido sobre a aplicação dessas técnicas a problemas de uma linha de produção. No caso, o trabalho individual estava sendo feito em parceria com o Gil.

Como leitor voraz de uma revista (capa azul, lembro-me até hoje) da Operations Research Society of America - ORSA logo me dei conta da importância do uso de computadores - então emergentes - na solução de problemas diversos enfocados pela nova disciplina.

No início do segundo semestre de 1960 lendo um jornal do Rio de Janeiro, me chamou a atenção uma reportagem que dava conta da instalação de um computador IBM 650 (um 'possante' cérebro eletrônico, como os menos informados chamavam...) na matriz da IBM, no Rio de Janeiro. Entusiasmado com a possibilidade de resolver complexos problemas de engenharia industrial (Ah! que pretensão...) discutimos com o professor Fadigas a possibilidade de buscar um emprego na IBM.

Essa primeira discussão foi um "balde de água fria" pois nosso estimado professor argumentou com muito realismo que, tanto a empresa como o país, estavam ainda num estágio de desenvolvimento muito distante dessa possibilidade... Ante nossa decepção e visível desapontamento ele, extremamente gentil, sugeriu-nos que falássemos com o professor Wallauscheck pois este teria contatos com alguns profissionais da IBM que poderiam prestar ao Gil e a mim, maiores e melhores informações. (continua)


Turma de 1960

Ferramentas pessoais